"Navegue por seus sonhos, mas tenha um porto seguro. Finque suas raízes em solo fértil que lhe garanta bons frutos no futuro." - G. Nobio.

Translate / Tradutor

20 de junho de 2008

Prova de Que Tony Stark Tem Um Coração

A velha editora americana de histórias em quadrinhos Marvel Comics acertou em cheio ao decidir atuar também nos cinemas. Nas telonas ela se chama Marvel Studios e sua tacada de mestre foi apostar todas as fichas (leia-se: arcar sozinha com todo o custeio de uma produção cinematográfica) em Homem de Ferro.

Adorei o filme – embora seja óbvio como a maioria das adaptações de H.Q.`s de super-heróis –, já sabia como seria o desenrolar do enredo e não esperava por nenhuma surpresa, só torci para que tivesse bastante ação e que fosse melhor do que a concorrência. E foi exatamente isso que assisti: filmão pipoca classe A que agrada de sobrinhos à vovó, sem contar que a trilha é nervosa e roquenról.

Robert Downey Jr. (que interpretou Chaplin) caiu bem na pele do “pleiba” mulherengo e fabricante de armas Tony Stark, personagem que após ser seqüestrado por terroristas fundamentalistas muda seu discurso “armamentista” e passa a criticar o patrocínio de bilhões de dólares em favor de uma suposta “guerra pela paz” (deram uma cutucada no W. Bush).

Aí... o mocinho, dono de uma genialidade de dar inveja no McGyver, se empenha em construir uma arma ainda melhor; um exoesqueleto blindado para combater as forças do mal. Mas... um desafeto consegue roubar um protótipo da armadura criada por Stark, desenvolve um gorilão de titânio maior e cai pra cima do nosso herói amarelo e vermelho (algumas cenas de briga lembram Robocop II). Podem esperar, vem aí Homem de Ferro II até 2010. Cotação: três estrelas e meia!

0 comentário(s):

ACESSOS!

© 2014 - Nobio Da Paz Produções Musicais / Template: D.B.