"Navegue por seus sonhos, mas tenha um porto seguro. Finque suas raízes em solo fértil que lhe garanta bons frutos no futuro." - G. Nobio.

Translate / Tradutor

27 de dezembro de 2008

O Zelador


Tente conceber um lugar, como a Terra, completamente desolado - não mais habitado pela raça humana -, em ruínas e repleto de sucatas espalhadas por todos os continentes; um planeta lixo com uma paisagem cinzenta onde o verde das florestas está em extinção. Os homens, responsáveis pela poluição, foram para uma moderna estação espacial e lá permanecerão por tempo indeterminado até que uma máquina inteligente - programada para limpar - recolha todo o ferro velho, entulhos e qualquer tipo de material imprestável que haja sobre o solo terrestre, a fim de que ele se torne habitável novamente.

O enredo é o fio-condutor do longa-metragem animado WALL-E, robozinho cheio de carisma que tem a árdua tarefa de ser o lixeiro do mundo. Assim que assisti ao filme a identificação com o personagem e com o seu papel foi imediata: um faz-tudo solitário e incansável que zela por aquilo em que "acredita"(o trabalho sujo determinado por seu programador). Ele passa a representar para mim a rotineira luta por um amanhã bem melhor do que foi outrora, um poeta operário a construir a sua própria história.

Como todo adulto tem um lado criança em si, fiquei satisfeitíssimo ao receber um brinquedo de presente: o boneco do WALL-E (réplica de borracha com cheirinho). As iniciais do nome significam Waste Allocation Load Lifters Earth-class (Localizador e Coletor de Lixo Classe Terrestre).



0 comentário(s):

ACESSOS!

© 2014 - Nobio Da Paz Produções Musicais / Template: D.B.