"Navegue por seus sonhos, mas tenha um porto seguro. Finque suas raízes em solo fértil que lhe garanta bons frutos no futuro." - G. Nobio.

Translate / Tradutor

3 de janeiro de 2009

Águas de Janeiro


Ser pego de surpresa por um forte temporal deixa qualquer um literalmente ilhado e de pés e mãos atados. Aconteceu comigo, no segundo dia do ano, ao sair de um edifício no centro da cidade a caminho de um restaurante. Desde cedo eu já imaginava que fosse cair muita água por causa do clima super abafado, só não poderia prever a que horas - embora torcesse para isso acontecer na parte da tarde. Pouco antes das 19 horas a chuva veio, justo quando eu estava morrendo de fome e um pouco febril devido a um resfriado.

Rapidamente as ruas se transformaram em enormes piscinas que dificultavam a movimentação de pedestres e motoristas. A solução foi estacionar debaixo de uma marquise e esperar o volume d`água baixar. Até aí tudo bem (nem tudo, né?), o pior foi ter o par de tênis encharcado e as pernas da calça jeans também molhadas. Finalmente, eu e Mai Lovinha fugimos do meio do aguaceiro e achamos nosso tão cobiçado porto seguro: o restaurante. Um pouquinho antes disso fizemos nossa primeira escala na farmácia (eu precisava levar remédios para gripe).

Conseguimos entrar após driblarmos a banheira que se formava à porta do estabelecimento gastronômico. Já de barriguinhas cheias, Malô ainda teve uma idéia brilhante: comprar um par de meias (sequinhas) numa lojinha de 1,99. Tudo que nós queríamos era chegar em casa, tomar um banho quente e desinfetar os pés com álcool. Alcançamos essa vitória!



0 comentário(s):

ACESSOS!

© 2014 - Nobio Da Paz Produções Musicais / Template: D.B.