"Navegue por seus sonhos, mas tenha um porto seguro. Finque suas raízes em solo fértil que lhe garanta bons frutos no futuro." - G. Nobio.

Translate / Tradutor

1 de fevereiro de 2009

B.C. Samba E Horror

A "largada" ainda não foi dada oficialmente, mas o clima já é de aquecimento total para o abre-alas, confete e serpentina. Creio que em nenhum outro país as pessoas ficam tão excitadas e ansiosas pela chegada do mês de fevereiro como nas terras tupiniquins - com mil planos em mente e marchando diariamente no ritmo do carnaval. Não me lembro de ter sido um folião inveterado - tipo aquele que após o fim do expediente às 18:00 da sexta-feira aproveita cada segundo da festa da carne até a quarta-feira de cinzas -, se sou, talvez um moderado seguidor dos simpáticos blocos carnavalescos que sempre pregam a paz e o amor, coisas que deveriam ser mais preservadas pelos que organizam os eventos nessa época e principalmente por parte dos freqüentadores (me refiro aos mal-intencionados).

Dois fatores bastante preocupantes são o excesso de bebida alcoolica e a violência, percebe-se claramente que muita gente está mais disposta a partir para a pancadaria do que se divertir , certa vez pude conferir isso de perto (há três anos atrás). A um desses tradicionais blocos de rua do Rio de Janeiro (cujo nome prefiro omitir) fui ao encontro e me juntei a enorme multidão acompanhando o animado carro de som, tudo seguia o fluxo normal quando de repente uma confusão é deflagrada. Enquanto um bando de marmanjos se atracavam uns com os outros as cabrochas horrorizadas ficavam só (sem samba e sem um bamba). O problema é que só tinha uma saída e a minha maior preocupação era com quem me fazia companhia, que eu precisava proteger de qualquer maneira. Felizmente conseguimos nos desvencilhar do tumulto e passar ilesos pelos brigões doidões. Poderia ter sido pior. Aprendi uma lição: jamais ficar no meio de uma aglomeração sem rota de fuga.

O carnaval é uma das expressões culturais mais antigas do mundo, originou-se na Grécia entre 605 e 527 a.C. através dos agricultores que festejavam a fertilidade do solo, foi adotada pela Igreja Católica em 590 d.C. como comemoração cristã (?) e o carnaval brasileiro surgiu em 1723 trazido pelos portugueses. A partir de 1855 começou a ganhar a forma como o conhecemos hoje, quando foram fundados os primeiros grandes clubes carnavalescos. Mil novecentos e vinte oito marca o ano de fundação da primeira escola de samba propriamente dita, a Deixa Falar, no bairro do Estácio (R.J.). Tal manifestação é muito banalizada atualmente, transformou-se num negócio da china e sua principal característica aos poucos vai se perdendo: a alegria. Que pena!


8 comentário(s):

D.J CHEECH, 1 de fevereiro de 2009 20:08

o novo visual do site,ficou ótimo !

Guilherme, 2 de fevereiro de 2009 07:42

Poxa, finalmente consegui postar um comentário, já que o SVS aqui, finalmente abriu...

Rapaz, saudades de você e falando nisso, estamos juntos nos blocos desse ano...

Saudades.

ah, o link da minha Banda:
www.myspace.com/aurorahoficial
www.fotolog.com/aurorah_oficial

abração

Bruno Alberto, 3 de fevereiro de 2009 05:10

Obrigado pela visita e pelo comentário Gêiser..

Sucesso para seu fórum também!

Até mais!

http://4rtedigit4l.blogspot.com/o30

Toni D'Agostinho, 4 de fevereiro de 2009 08:27

Olá!
Muito legal o blog e o projeto.
Pode ficar certo que serei um leitor presente.
Grande Abraço!

andré abreu, 4 de fevereiro de 2009 09:44

muito obrigado pela visita!!
seu blog é ótimo!
vou acompanhar
grande abraço

Tais Luso, 4 de fevereiro de 2009 11:49

Olá, passei para conhecer seu blog e agradecer sua visita!
Gostei de seu texto e de sua explicação sobre o Carnaval.
E que bonito blog!
Volte sempre!
Tais

Waldez, 4 de fevereiro de 2009 18:43

obrigado por sua visita!abraços do amigo waldez

Dan Marques, 10 de fevereiro de 2009 05:08

Parabéns rapaz.... belo trabalho!...
ficarei mais atento ao seu blog... sorte!

ACESSOS!

© 2014 - Nobio Da Paz Produções Musicais / Template: D.B.