"Navegue por seus sonhos, mas tenha um porto seguro. Finque suas raízes em solo fértil que lhe garanta bons frutos no futuro." - G. Nobio.

Translate / Tradutor

26 de maio de 2009

A Dança

Toda guerra é estúpida e nada justifica o extermínio de vidas humanas para impor a força bruta e o autoritarismo, sob o pretexto da proteção da soberania nacional (controlada por tiranos). Desde a época das grandes cruzadas até os dias de hoje o homem pega em armas em nome de um santíssimo motivo, fere fatalmente seu semelhante e se acha merecedor do Reino dos Céus.

De lá pra cá, de Saladino a Aiatolá Comeíne, em essência quase nada mudou: a tecnologia se aperfeiçoou, a indústria bélica fez fortuna e opõe-se veementemente à bandeira branca (caso contrário não fatura). Quando a pólvora se mistura ao fundamentalismo religioso o som que se produz é estrondoso. Assim, o estardalhaço das metralhadoras e o abalo das bombas compõem a "ruidosa trilha" de Valsa Com Bashir - documentário em desenho animado indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro.

O longa-metragem escrito, produzido e dirigido pelo cineasta israelense Ari Folman é uma obra comovente e profunda, narra as trágicas memórias de um ex-soldado - que as recupera após se reencontrar com um companheiro de longa data - utilizando o recurso da animação para retratar a Guerra do Líbano em 1982, ilustra de maneira primorosa uma situação surreal. Agora a história salta das telas para os quadrinhos e ganha uma versão graphic novel de luxo em 117 páginas, igualmente surpreendente. As ilustrações são do artista David Polonski, responsável pela direção de arte do filme.

0 comentário(s):

ACESSOS!

© 2014 - Nobio Da Paz Produções Musicais / Template: D.B.