"Navegue por seus sonhos, mas tenha um porto seguro. Finque suas raízes em solo fértil que lhe garanta bons frutos no futuro." - G. Nobio.

Translate / Tradutor

10 de abril de 2011

Canções de Paz e Amor

Roberto Frejat é cantor, compositor, e guitarrista; começou a carreira na década de 1980 ao lado de Cazuza na banda Barão Vermelho, com a qual gravou vários discos e entrou para a história do pop-rock brasileiro como uma das vozes mais marcantes de sua geração - dono de um timbre soul-blues inconfundível. Seu grave registro vocal transformou as canções O Poeta Está Vivo e Meus Bons Amigos em clássicos inesquecíveis (pelo menos em minha modesta opinião).

Em 2001 lançou seu primeiro álbum-solo chamado Amor Pra Recomeçar*, produzido pelo saudoso Tom Capone, que conta com a colaboração de Max De Castro (teclados, guitarra e programação eletrônica), Jaques Morelenbaum (arranjo e regência de cordas) e outros instrumentistas como os bateristas João Barone (Paralamas Do Sucesso) e Renato "Massa" Calmon (Ed Motta) - só para citar alguns.

Cercado de velhos amigos, Frejat fez um trabalho carregado de paixão em alto e bom som, evidente nos versos de Quando O Amor Era Medo (de R.F., Rodrigo Santos e Mauro Santa Cecília), Segredos (de R.F.), Eu Não Sei Dizer Te Amo (de R.F., Maurício Barros e Bruno Levinson) e No Escuro E Vendo (de R.F., Marisa Monte e Arnaldo Antunes).

Enquanto respiramos, músicas ficam para sempre na memória e trazem lembranças de momentos de paz e amor, é por isso que continuo ouvindo as faixas de A.P.R.* até hoje e o considero um dos melhores C.D.s da minha discoteca particular. Vale a pena ouvir de novo!

0 comentário(s):

ACESSOS!

© 2014 - Nobio Da Paz Produções Musicais / Template: D.B.