"Navegue por seus sonhos, mas tenha um porto seguro. Finque suas raízes em solo fértil que lhe garanta bons frutos no futuro." - G. Nobio.

Translate / Tradutor

1 de junho de 2011

Drama Em Solo Árido

Morte e Vida Severina é um clássico poema escrito por João Cabral de Melo Neto - publicado em 1956 - que narra, de maneira épica e sublime, a trajetória de retirantes nordestinos por uma terra marcada por sangue, suor e lágrimas rumo à cidade grande.

Baseada em tal obra, foi feita uma adaptação para a televisão no ano de 1981, com roteiro e direção de Walter Avancini e tema musical composto por Chico Buarque, que finalmente está disponível em DVD.

Na trama, José Dumont interpreta o retirante Severino, personagem-símbolo do tipo comum sertanejo. "É uma obra-prima da poesia na TV. Nosso país precisava deste tipo de depoimento poético sobre a alma brasileira.", diz o ator.

Em 1982, a produção recebeu dois prêmios internacionais, o Emmy (nos Estados Unidos) e o Ondas (na Espanha). Aperte o play e assista a uma história comovente de luta e sobrevivência!


Morte e Vida Severina

[o retirante explica ao leitor quem é e a que vai]

O meu nome é Severino,
não tenho outro de pia.
Como há muitos Severinos,
que é santo de romaria,
deram então de me chamar
Severino de Maria;
como há muitos Severinos
com mães chamadas Maria,
fiquei sendo o da Maria
do finado Zacarias.

—João Cabral de Melo Neto

0 comentário(s):

ACESSOS!

© 2014 - Nobio Da Paz Produções Musicais / Template: D.B.